Grávida transa?

E com essa pergunta inicio esse post.

Meus amores é claro que grávida transa ou pelo menos tem vontade, né?

Antes de ser mãe, a grávida é uma mulher. Porém, muitas têm seu desejo anulado pela visão deformada que têm de si e da sua sexualidade e pelo fato de muitos parceiros evitarem o sexo por vários motivos que vou explicar ao longo do post.

 

Influência hormonal

Nesse período a mulher passa por uma oscilação hormonal. Uma montanha russa. Que varia entre alto desejo sexual e zero libido.

Uma pesquisa canadense feita com 1.049 gestantes mostrou que 56% delas sentiram uma diminuição no desejo sexual. Isso pode acontecer devido às flutuações hormonais. No primeiro trimestre existe uma diminuição da libido durante a fase da implantação do embrião no útero. No segundo e no terceiro trimestre, ela normaliza, mas o apetite sexual é algo muito individual, que depende de diversos fatores, não só dos hormônios.

 

Surge uma nova mulher

Aquela silhueta fininha agora toma uma forma redonda, cheinha. Aquele peito redondo, bonito e sexy passar ser fonte de alimento e usando o que uma cliente disse uma vez: vira um esguichador de leite rs.

E tudo bem! Passamos por mudança o tempo inteiro em nossa vida e nesse caso é uma mudança para trazer uma nova vida.

Porém, mudar não significa se anular, se esquecer. Pelo contrário. Significa reinventar e se enxergar com outros olhos.

 

Antes de ser mãe a grávida é uma mulher

E esse pensamento deve ser mantido. Ser mãe não anula a feminilidade e sexualidade dessa mulher. Ela pode e deve vivenciar suas vontades e desejos ( com responsabilidade, claro), mas não se anular.

Se Sexualidade está diretamente ligada a afetividade, anular ela seria anular todo o afeto e amor que todas as pessoas necessitam e principalmente as mulheres nesse período.

Esse afeto será diretamente transmitido ao bebê.

Vai machucar o bebê

Tem muito homem achando que seu super pênis vai machucar o bebê e com isso acabam por evitar o sexo durante a gravidez.

Mas vamos lá, o bebê fica dentro da cavidade uterina, protegidinho e o colo uterino fica fechado. Logo, seu pênis não vai cutucar a cabeça da criança ou machucar ela. Fique tranquilo.

 

A menos que seja recomendação médica interromper o sexo nesse período por risco ou problemas de saúde.

 

Minha mulher não é mais sensual

Ouço muitas clientes reclamando que seus parceiros não as enxergam com o mesmo desejo. É compreensível se levarmos em consideração o fato de que a imposição de padrões estéticos está ai massacrando, né?

Então esse homem ainda não caiu na real que o sexo e o relacionamento da vida real não são como vemos nos filmes pornôs. Ele não entendeu o que é afetividade e respeito pelas mudanças. E o principal: ele simplesmente não entendeu a importância dessa mudança no corpo da mulher para trazer o que é tão importante nesse momento que é a vida de uma criança.

Se você homem estiver lendo isso, seja grato á sua parceira por gerar uma vida e respeite cada fase, a ame, e aceite que mudanças acontecem e se fazem necessárias. Relacionamento é construção e manutenção.

Se esforce, e ajude sua parceira a se sentir amada e desejada , pois ela não é somente uma “fabrica de crianças”, mas uma mulher com desejos sexuais.

 

Posições sexuais

As posições sexuais na gravidez serão as que mais deixarem a mulher confortável. Porém, depois que a barriga começa a aparecer algumas posições precisam de adaptação e o velho “papai e mamãe” é pouco recomendado justamente pela pressão feita no abdômen.

De “ladinho” pode ser uma ótima opção para estimular o clitóris com a mão.

 

Orgasmo na Gravidez

Ao contrário do que muitos pensam, o orgasmo não faz mal ao bebê. As reações do bebê são respostas às atividades e uterinas e dos hormônios. A sensação de bem estar e a sensação de relaxamento que acontecem depois do orgasmo, são repassadas ao bebê. A endorfina que cai na corrente sanguínea também o beneficia.

 

Não se anule

Não se anule enquanto mulher. Ser mãe só é possível por ser mulher e ser mulher lhe proporciona desejos sexuais, sensualidade e sexualidade.

Por mais difícil que seja e que o foco esteja na criança que está por vir, pense em você com mais amor, se olhe, se admire e se orgulhe de ser um mulherão da porra a ponto de trazer um vida para este mundo, e o mínimo que você pode sentir é um orgasmo daqueles de tremer as pernas.

Tenho um worskhop maravilhoso onde falo dos pilares Sexo, Sexualidade e Sensualidade.

 

Ele está disponível aqui e tenho certeza que irá amar. Nele falo de questões básicas que envolvem nossa sexualidade mas que nem sempre falamos.

 

Me siga nas redes sociais e ah, se joga e goza !

 

Thalita Cesário