masturbacao_feminina_capa

Já ouviu falar de algum homem que não sabe se masturbar? Acho difícil. Mas eu não só já ouvi mas como atendi e atendo mulheres que não sabem se masturbar. Isso mesmo.

Por mais absurdo que pareça, existem mulheres que não sabem se tocar e não sabem como sentir prazer.

Mas como isso é possível?

Se levarmos em consideração que desde criança o homem é estimulado, e tem permissão para falar sobre sexo e masturbacao e a mulher não, começamos a entender. O homem pode falar mais abertamente sobre o assunto. Quando nasce, na família sempre tem alguém para dizer que será o “comedor” e que irá pegar todas. Logo na adolescência já tem seu primeiro contato com a pornografia e revistas com mulheres peladas. Masturbação faz parte do homem.

 

Com a mulher é diferente

Nas sociedade machista em que vivemos, a menina não pode ser masturbar que isso é “feio, sujo” e “moça não faz isso”. Chama nossa vulva/vagina de “florzinha” e não podemos tocar. Pornografia nem se fala… então se não se fala abertamente sobre o assunto no sentido de orientar e sempre que o assunto surge a menina é “castrada”, como que ela vai saber o jeito que pode e gosta de se masturbar!

Por este motivo temos mulheres com seus 30, 40 e pasmem até mais e 50 anos que não sabem o que é gozar!

Que acham que é só “meter”, só abrir as pernas, o cara penetra e o milagre do orgasmo acontece. ( só pra ele, né?).

Pensando nisso, hoje venho trazer algumas dicas de estimulação, dicas de masturbação, dicas de SIRIRICA! Sim, é isso mesmo! Vou tentar ajudar vocês mulheres a iniciarem a descoberta do prazer pelo seu corpo.

 

Então conheça seu corpo

Falei um pouquinho sobre o clitóris aquiAproveita as dicas, se joga e goza.

manual da siririca

Saiba que o clitóris e um cara muuuuuito importante quando falamos de prazer feminino. Sem ele é quase impossível, é muito difícil o orgasmo.

Ao contrário do que pensamos, ele não é só aquela pontinha da parte de fora que vemos ( farei um post só sobre ele depois), ele se estende ao longo da vulva e vagina. A penetração e prazerosa porque indiretamente o penis estimula, mas o ideal é que mesmo com o penis, você ou a pessoa com quem você esteja transando estimule o clitóris.

A parte mais sensível é a glande, a parte visível em cima ali do nosso “monte de Vênus”. De início pegue leve para não incomodar.

 

Super dica: se permita! Apenas se permita. Se livre da culpa, da vergonha, do medo…

 

É o seu corpo e você tem total direito e poder sobre ele, ninguém tem nada a ver com isso hein!?

O ideal é que você esteja com vontade, mas caso não esteja eu te convido assim mesmo, pois pode ser que no meio do caminho você seja surpreendida positivamente.

Então, de preferência que você tem algum gel lubrificante, óleo corporal, óleo para massagem ou excitante erótico, que inclusive você pode encontrar lá na minha loja.

 

Opte por um ambiente tranquilo e que tenha privacidade.

 

Agora mãos à obra Literalmente

manual-da-siririca-02

 

Eu vou usar essas duas lindas ilustrações do projeto @meuclitorisminhasregras para tentar explicar ao máximo. Essas são as ilustrações que estão na parede da minha sala de atendimentos. relaxeesinta2 relaxeesinta1

 

Além de dar nomes as partes do nosso corpo temos 6 sugestões de manipulação para estímulo.

1- Movimento em círculo: no seu ritmo, mas eu sugiro que seja mais lento até você perceber a velocidade que você gosta. Faça um pouco de pressão também. Algumas mulheres sentem prazer com uma certa “força” na base do clitóris, mas cuidado para não se machucar.

2- Vai e vem de cima para baixo: aqui com o gel lubrificante ou óleo que mencionei fica fácil e bem mais gostoso. Pode fazer uma leve pressão, e “subir/descer” o dedo sobre a glande do clitóris. Aqui com esse movimento você pode notar a ereção do clitóris. Sim. Ele tem ereção como o pênis rs. Se notar, é sinal de que está excitada e pode ser bem prazeroso

3- Zigue-zague. Mesmo princípio do vai e vem, mas não tão reto. Aqui você movimenta de cima para baixo e levemente para o lado e com leve pressão.

4- De um lado para o outro. Focando na cabecinha do clitóris, com leve pressão e óleo ou lubrificante.

5- Ypslon vai e vem: esse movimento pode causar mais sensações que o vai em vem “normal”. Aqui você desliza os dois dedos abertos e sobe “fechando” fazendo um formato de Y. O  legal aqui é que você estimula a lateral do clitóris e o lábios também.

6- Puxando pra cima: Subindo “puxando” o clitóris para cima. Concentrando na partemais sensível que é a “cabecinha” do clitóris.

Essas foram dicas de estímulos externos para o clitóris, e geralmente é prazer na certa. Basta você encontrar o seu ritmo e movimento que mais gosta.

Lembrando que você tá bem pode e deve também explorar a parte de dentro da vagina. Lá indiretamente você consegue estimular o clitóris também, além da vagina.

manual da siririca

Com o dedo indicador no formato “gancho” você consegue estimular uma região chamada ponto G ( também falarei dela em outro post ).

Hoje dei dicas de como se conhecer e ter contato direto com seu corpo. Futuramente darei dicas de uso de acessórios.

 

Então se joga, na viagem do prazer e novos caminhos.

 

“Não despreze a masturbação. É fazer sexo com a pessoa que você mais ama”

Woody Allen

 

Aproveitando para dizer que fiz um  workshop maravilhoso chamado 3S, onde falo sobre questões do sexo, sexualidade e sensualidade.

Quer saber mais?

Então clica aqui e veja como está maravilhoso e como esse workshop pode te ajudar muito sobre sexualidade, prazer e para que você possa vivenciar uma sexualidade plenamente prazerosa.

Falei um pouquinho sobre o clitóris nesse vídeo:

 

Aproveita as dicas, se joga e goza.

Thalita Cesário