Que pensar em sexo é bom isso ninguém duvida, agora que é importante ter uma mente erótica, isso você vai entender agora o porque.

 

Afinal, o que é uma mente erótica?

 

Mente erótica é aquela que tem a capacidade de pensar na novidade, sair da zona de conforto e experimentar coisas novas no sexo. É a habilidade de manter o desejo sexual se permitindo ler, ouvir, falar e praticar sem culpa.

 

Após certo tempo de relacionamento, os casais entram em processo de habituação. A novidade perde lugar para a rotina e o desejo vai sumindo.

 

Em uma relação queremos o amor, a segurança mas também precisamos do desejo. Aquele ardente, que dá frio na barriga, medinho do novo…

 

O amor nos mantém seguros, mas o desejo nos tira da zona de conforto e nos faz sentir que ainda estamos vivos e no auge do prazer.

 

Ao entrar no processo de habituação, entramos na zona de conforto de “achar que nunca iremos perder”, pois já conquistamos a pessoa que está ao nosso lado e inconsciente não investimos nas novidades, nas surpresas…

 

Os beijos de língua perdem espaço para o selinho seco. O sexo é feito sempre na mesma posição, no mesmo horário, no mesmo cenário.

 

A criatividade parece que para de existir, e quando vemos o sexo perde a frequência e nem é tão excitante como antes. Daí então acreditamos naquela crença que nos ensinaram de que é normal o casal parar de fazer sexo com o tempo e nos conformamos. Até que de repente algo nos incomoda e sentimos necessidade de resgatar aquela sexualidade de antes.

 

O medo de “perder”, a vontade de se sentir desejada (o) como antes, a vontade de ser sexualmente ativo como antes nos dá um sacode.

 

É ai que vem a mentalidade erótica. A importância de se trabalhar algo tão natural do ser humano e que os une junto do amor que é o sexo. Mas estou falando so sexo de qualidade. Aquele sexo que deixa as pernas tremendo depois de gozar, aquele suado, descabelado…

 

Mas como criar e manter uma mente erótica?

 

Primeiro passo é se permitir entrar em contato com a Sexualidade. Sem medo, sem preconceito, sem pensar nos julgamentos. Apenas vivenciando o que se tem vontade, sentindo…

Após se permitir, comece pela busca de conhecimentos sobre o assunto.

Leitura erótica, vídeos eróticos, músicas sensuais, lingeries, leituras sobre relacionamentos, masturbação e tudo o que contribui para aumento do repertório sexual.

 

Masturbação é excelente para ajudar a perceber e aprender estímulos que talvez não havia descoberto antes. Explorar o corpo além dos genitais também é necessário. Quanto mais novidades mais o desejo aumenta.

Se o casal está na zona de conforto, já sabe todo o roteiro: selinho, 2 minutos de oral, abre as pernas e mete 10 minutos, mulher sem orgasmo, muito provavelmente a libido vai diminuindo.

 

O segredo da mente erótica é encontrar motivação para o sexo de qualidade com a pessoa com quem se relaciona e também sozinha (o).

 

Alimentar a mente com motivações sexuais e que fujam do mesmo, da rotina.

 

Tenho vários vídeos lá no Youtube onde falo sobre sexualidade, meu perfil no Instagran também é recheado de informações sobre o assunto.

 

Então pegue minhas dicas, que muita coisa na sua vida sexual vai mudar e eu garanto.

 

Um beijo e até o próximo post.

 

Se joga e goza!